top of page

Laser para manchas nas mãos: leia sobre esse tratamento revolucionário!

A melanose solar se refere a uma alteração no padrão de deposição de melanina que pode causar pequenas manchas nas áreas de exposição ao sol.


Também chamadas de lentigo solar, essas manchas são facilmente reconhecidas pela cor amarronzada e contornos bem definidos em áreas expostas ao sol. Locais comuns incluem braços, rosto e mãos. O surgimento delas é particularmente comum após um episódio de queimadura solar.


O tratamento de primeira-linha é o laser. Esse tratamento é o mais eficiente, rápido e seguro. Em poucas sessões é possível ter a aparência das mãos rejuvenescidas de volta



Antes e depois do laser para manchas nas mãos
Mãos após 2 sessões de laser para rejuvenescimento


O laser KTP Nd:YAG é o tipo mais utilizado no Brasil para esse tratamento. O laser de rubi e alexandrita são outras opções, porém raramente estão disponíveis no Brasil.


Quantas sessões são necessárias?

A quantidade de sessões de laser para remover lentigo solar das mãos varia de acordo com o tamanho e número das lesões, além de fatores individuais. A maioria das lesões é clareada com 2 a 3 tratamentos. Os resultados costumam ser definitivos, e as lesões raramente recorrem.

As sessões devem ser espaçadas em ao menos 1 mês, para que a pele se regenere a tempo de avaliar o resultado do tratamento.


O que devo esperar durante uma sessão de laser?

No tratamento, o médico dispara vários pulsos de laser com diâmetro de alguns milímetros sobre as lesões. Por vezes, sensações leves de queimação ocorrem. Esse tratamento é rápido e não requer nenhum preparo específico.


O que devo esperar após uma sessão de laser?

As lesões tratadas ficam brancas como consequência da vaporização de água dentro das células. Essa aparência dura algumas horas e as lesões tendem a ficar mais demarcadas e avermelhadas por alguns dias após. É frequente as lesões descamarem algumas semanas depois.


Existe alguma contraindicação?

Poucas pessoas terão contraindicação formal a esse tratamento. Ele é geralmente evitado em gestantes, pessoas com infecção de pele no local da lesão e doenças dermatológicas ativas no local da lesão. Pessoas com transtorno dismórfico corporal também têm contraindicação a tratamentos cosméticos. A presença de uma doença crônica bem controlada (diabetes, hipertensão, cardiopatia) não é uma contraindicação formal.


Quais são as complicações?

O tratamento com o laser KTP é não-ablativo, isto é, não destrói a camada mais superficial da pele. Desta forma, é um tratamento seguro e de baixo risco. Dor, inchaço, vermelhidão, púrpura (acúmulo de sangue dentro da pele) podem ocorrer e duram até 5 dias. Infecção, formação de bolhas e cicatrização patológica, como queloides, são raras.


Antes e depois laser para manchas nas mãos
Mãos após 3 sessões do laser KTP

É dolorido?

O laser KTP é muito bem tolerado. A maioria dos pacientes vai referir que percebe um leve formigamento sobre a pele.


Que cuidados devo tomar após?

É recomendado evitar expor as regiões tratadas ao sol e usar protetor solar por algumas semanas após. É esperado que algumas crostas se formem sobre as lesões e levem de 2-4 semanas para sair. Sabonetes esfoliantes podem ser usados para acelerar a remoção das crostas.


Atenciosamente,

Dr. Rafael Muller de Carvalho

Médico – CRM-SP 218482


Comments


bottom of page